EM NOME DO SENHOR JESUS.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

RENUNCIA DO PAPA E A PROFECIA 17 APOACLIPSE





A RENÚNCIA DO PAPA  FINAL

A renúncia inesperada do Papa Bento XVI na semana passada, surpreendeu o mundo cristão. Ele é o primeiro Papa a renunciar a liderança maior da Igreja Católica em mais de 600 anos. Não tem como negar que esta movimentação no Vaticano, nos mostra que haverá mudanças dentro e fora da igreja. Muitos teólogos até arriscam  a dizer que o misticismo em torno do papel do Papa, sofrerá alterações.  Até então se acreditava que o Papa fosse quase infalível, e uma decisão pessoal de renúncia papal, põe em cheque essa credibilidade. Mas o que eu quero dizer de fato aqui, é sobre a especulação criada a partir dessa renúncia sobre o próximo papa, o que irá substituir Bento XVI, por conta do que está escrito na Bíblia Sagrada em apocalipse 17:10,11, que diz: 

“São também sete reis: cinco já caíram; um existe; e o outro ainda não é vindo; e quando vier, deve permanecer pouco tempo. A besta que era e já não é, é também o oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição”.

Devo lembrar que desde 1929, quando foi criado o Estado do Vaticano, os papas são considerados como reis, pois esse estado passou a ser soberano com constituição própria, independente da Itália. Sendo assim, de lá pra cá, se passaram sete papas, o oitavo será o substituto de Bento XVI. E então, de acordo o exposto, acima, estaríamos às portas do aparecimento do anticristo e a besta? Se lermos o verso 12, veremos que ainda se levantará dez reis que deverão receber o reino, e esses receberão autoridade junto com a besta. Cremos que a tendência natural em que o mundo caminha, nos leva à criação de dez blocos de nações, ou seja, todos os países hoje existentes se resumiriam em dez nações, cada uma comandada por um desses reis. Sendo assim, tudo estaria preparado para o governo anticristão e perverso, predito na palavra de Deus. Mas, até que isto seja consumado, poderá levar ainda muitos anos.

Se lermos todo o capítulo 17 de apocalipse, veremos o quanto confirma que a Igreja Católica, teve influência babilônica, e se corrompeu, como diz sobre a mulher (igreja) assentada na besta que tinha sete cabeças (as sete colinas de Roma) e dez chifres (os dez reis), ou seja esta igreja foi infiel a Cristo, e portanto, o apóstolo lhe dá a conotação de  prostituta.  

Não devemos estar perplexos quanto a este acontecimento, afinal, precisamos estar preparados a todo instante, independente que seja esta a profecia final. Devemos esperar a volta de Cristo a qualquer momento como as virgens prudentes. Vejamos bem, as virgens imprudentes, se folgaram na demora do esposo, e adormeceram, quando então, foram pegas de surpresa, pois não tinham guardado o azeite (a fé e a palavra de Deus). “E tardando o noivo, cochilaram todas, e dormiram. Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro” (Mt.25:5,6). Muitas vezes Deus nos testa com a demora, para ver quem são de fato os sinceros. A verdade é que a igreja hoje, tem muitos que dormem, e o pior, não tem mais o azeite em suas vasilhas. Cansaram de esperar o noivo, e não conservaram a fé inicial. Jesus também nos advertiu na parábola dos dois servos, um bom e outro negligente:

“E começar a espancar os seus conservos, e a comer e beber com os ébrios,  virá o senhor daquele servo, num dia em que não o espera, e numa hora de que não sabe,  e cortá-lo-á pelo meio, e lhe dará a sua parte com os hipócritas; ali haverá choro e ranger de dentes” (Mt.24:48-51). Estas duas situações nos mostram o quanto devemos nos preparar para os dias maus que virá, e se estivermos despreparados, poderemos perder a comunhão com Deus, e tudo aquilo que conquistamos durante a caminhada da fé. O profeta Habacuque teve uma visão maravilhosa que muito nos ensina hoje, onde a igreja está vivendo a mesma situação de seu tempo:

“Então o Senhor me respondeu , e disse: Escreve a visão e torna-se bem legível sobre tábuas, para que a possa ler quem passa correndo.  Pois a visão é ainda para o tempo determinado, e se apressa para o fim. Ainda que se demore, espera-o; porque certamente virá, não tardará, pois o justo viverá pela fé”(Hb. 2:2-4).

Que Deus tenha misericórdia de nós!

Jeter



Nenhum comentário:

Seguidores